Movimento estudantil e repressão política: o ato público na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1977) e o destino de uma geração de estudantes

Cód.: 7297
Autor: Renato Cancian

Movimento estudantil e repressão política: o ato público na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1977) e o destino de uma geração de estudantes

Passe o mouse sobre a foto para ampliar

Clique na foto para ampliar

de R$38,00 por R$19,00
Economize R$19,00!

Prazo de Entrega

O prazo de entrega de sua compra contará a partir da confirmação do pagamento - e não a partir da data da compra.

Descrição

Como explicar o dinamismo e a politização do movimento estudantil brasileiro nos anos 1960 e 1970? Como explicar o interesse do jovem universitário de se engajar no movimento estudantil, tornar-se militante e participar ativamente de protestos e manifestações públicas? A experiência de participação no movimento estudantil exerce alguma influência na vida daquele militante que se forma e deixa a universidade para se inserir no mundo do trabalho e na sociedade? Neste livro, o autor desenvolve um estudo crítico centrado nesses questionamentos fazendo uso de dois métodos: o biográfico e o longitudinal. Com esses recursos metodológicos analisa a trajetória de vida de um grupo de ex-militantes estudantis e destaca a importância da adesão às ideologias de esquerda como fator contribuinte para a construção da identidade política desses jovens e do interesse em militar no movimento estudantil.

Informações adicionais

  • Peso: 0,40 Kg
  • Dimensões do produto
    • Comprimento: 23,00 cm
    • Altura: 2,00 cm
    • Largura: 16,00 cm

Aproveite também