Gonçalves Dias: o poeta na contramão. 3º colocado no 53º Prêmio Jabuti - 2011

Cód.: 6300
Autor: Wilton José Marques

Gonçalves Dias: o poeta na contramão. 3º colocado no 53º Prêmio Jabuti - 2011

Passe o mouse sobre a foto para ampliar

Clique na foto para ampliar

de R$39,00 por R$19,50
Economize R$19,50!

Prazo de Entrega

O prazo de entrega de sua compra contará a partir da confirmação do pagamento - e não a partir da data da compra.

Descrição

A gênese deste livro nasceu do encontro entre uma afirmação de Roberto Schwarz e uma obra de Gonçalves Dias chamada Meditação. Segundo o crítico, o favor, mediador das relações sociais, levou os escritores românticos a não tocarem no tema da escravidão de maneira mais explícita, disfarçando, em suas interpretações do Brasil, a violência que sempre reinou na esfera da produção. No entanto, apesar de Meditação situar-se numa posição marginal à história literária, Gonçalves Dias produziu uma obra que se caracteriza não apenas por ser avessa às expectativas românticas oficiais, mas, sobretudo, por trazer em si todos os elementos necessários à explicitação das várias mazelas sociais do Brasil oitocentista, o que, por tabela, traduz-se num gesto inconteste de denúncia. A publicação de Meditação, em 1850, a despeito de possíveis ressentimentos e/ou censuras, representa simbolicamente uma verdadeira afronta à política do favor e, ao mesmo tempo, reflete o desejo do poeta de interferir, ao menos literariamente, no aperfeiçoamento do processo formativo da sociedade brasileira, cuja ascensão à civilidade, para ele, passava pelo fim do trabalho escravo.

Informações adicionais

  • Peso: 0,40 Kg
  • Dimensões do produto
    • Comprimento: 23,00 cm
    • Altura: 2,00 cm
    • Largura: 16,00 cm

Aproveite também